COMUNIDADE É VALORIZADA NO 8° FESTIVAL CULTURAL DE PENEDO

O povoado de Penedo, pertencente ao município de Ritápolis, recebeu no último fim de semana o 8° Festival Cultural de Penedo. Fizeram parte da programação a tradicional cavalgada, a inédita Trilha de Motos, shows musicais, apresentações culturais, oração e comidas típicas. O evento tem por objetivo resgatar e valorizar a cultura dos moradores do distrito.

Momento em que a comunidade mantém suas tradições e fé.

O idealizador do festival, Giovander Silver, diz ter ficado satisfeito com a 8° edição e conta que moradores e visitantes elogiaram o evento.”A cada ano melhoramos nossa estrutura e o Festival de 2019 foi o melhor de todos. Com a forte participação do município, conseguimos incentivar e fortalecer a cultura local, também mudamos a forma como a zona rural é vista”, comenta.

Mas Silveira se diz preocupado com os avanços da mineração na região. “A atividade mineradora está sendo realizada em cima de nossas casas e acabando com as belezas de \penedo. Estamos preocupados também com as nascentes daqui que podem afetar diretamente nosso povoado”, aponta.

Cavalgada

Cerca de 180 cavaleiros participaram da Cavalgada do festival que saiu do Casa dos Mayrink até a Casa da Família do “Totonho”, daqui até o povoado de Ramos, de lá sentido a draga, chegando até o campo do Penedo e retornando ao local da festa.

Para um dos organizadores, Marcos Vinícius Evangelista, os moradores do povoado gostam do encontro que reúne amigos e familiares. Ele diz ainda que a participação das crianças é fundamental para a continuação dessa cultura. “As crianças aqui já crescem seguindo nossa tradição para que ela nunca se acabe. E a cada ano mais pessoas vem nos visitar para conhecer nosso povoado, nossas tradições o que também ajuda na manutenção de nossos costumes”, comenta. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1° Trilhão de Moto de Penedo

A novidade dessa edição foi o 1° Trilhão de Motos que reuniu cerca de 40 pilotos de Penedo, Ritápolis, São Tiago, Coronel Xavier Chaves, Comunidade do Glória, São João del-Rei e Resende Costa. 

Um dos idealizadores da trilhão, Liniquer Resende, diz que a ideia surgiu em uma conversa entre amigos trilheiros que viram no festival a oportunidade para concretizar a proposta. “Já faziámos trilhas em nossa região há algum tempo e já tínhamos o objetivo de reunir amantes desse esporte aqui em nosso povoado.”, comenta. Resende diz também que o trajeto começou no Penedo, passou pela comunidade da prainha, seguiu por  Ritápolis, Fazenda do Pombal, São João del-Rei até Coronel Xavier Chaves.

Foto: Giovander Silveira