Terror na madrugada, com explosão de bancos em Barroso

Barroso passou por momentos de terror nesta quinta-feira (14), após, na madrugada, por volta de 3h, ter sua agência do Banco do Brasil explodida por bandidos. De acordo com as primeiras informações, as agências do Banco Bradesco e Itaú também foram atingidas e a do Banco do Brasil foi quase totalmente destruída pelas explosões, sendo levado um caixa eletrônico.

Estabelecimentos comerciais também foram atingidos por tiros e tiveram portas quebradas pelos bandidos. O veículo de um cidadão, que estava indo para o trabalho, também foi atingido por dois tiros, mas ele nada sofreu.

“Foram momentos de terror, com bandidos gritando e ameaçando ‘se brotar alguém, vai morrer'”, declarou uma moradora. Cidadãos de outros bairros relatam também ter ouvido o barulho da explosão. De acordo com informações preliminares da Polícia, os bandidos teriam fugido por estradas de terra e qualquer informação deve ser levada à PM pelos números 190 ou 3351-1476.

Imagens recebidas via whatsapp

LEI DAS GRADES

A Polícia Militar alertou que Barroso estava na rota das explosões de agências bancárias, uma vez que era a única cidade da região que ainda não havia sido vítima. A partir da sugestão da PM, foi sancionada, no dia 08 de maio, uma Lei Municipal que determina a instalação de grades metálicas nas agências bancárias, para dificultar a ação de bandidos.

Os bancos tinham 60 dias para se adequar à nova Lei, que também existe em diversos outros municípios, como Divinópolis e Conselheiro Lafaiete, que também já tiveram agências assaltadas. O município tentou fazer com que os bancos se antecipassem à ação dos bandidos, mas a Lei ainda estava no seu prazo de cumprimento e, portanto, os bancos ainda não haviam instalado as grades, que poderiam dificultar a ação dos criminosos.