Museu Regional de SJDR recebe a Exposição Fotográfica “Fragmentos do Cotidiano”

Fotógrafa retrata São João del-Rei a partir de Reflexos

O Museu Regional inaugura no dia 22 de fevereiro a exposição “Fragmentos do Cotidiano”, da fotógrafa Thais Andressa. A mostra que é composta por 40 fotografias realizadas na cidade de São João del-Rei, ficará em cartaz até o dia 01 de abril de 2018. No projeto de Exposição apresentado, as ruas da cidade serão retratadas através dos reflexos, visando uma proximidade com a fotografia artística. Nas imagens abrangidas pela proposta, há uma busca por um olhar diferente do tradicional, dando um toque “surrealista” a partir de reflexos e certas distorções que eles proporcionam. Os detalhes das imagens proporcionados pelos reflexos em poças d’água, ás vezes passam despercebidos, mas contém uma narrativa peculiar, artística e poética.
Uma cidade está em constante transformação e registrar o curso dessas mudanças é guardar um resquício da história. O projeto de exposição contempla ainda questões da memória social coletiva e identidade cultural. A escolha da fotografia se dá acima de tudo porque, como dirá Roland Barthes (1980), através dela é possível “fazer, experimentar e olhar”. Os Fragmentos referem-se a recortes de uma história que resiste ao tempo. E o cotidiano, é o meu, o seu, o nosso.

Uma das fotos de Thais Andressa para a exposição

Thais Andressa
Estudante do curso de Comunicação Social da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), Thais Andressa, já realizou duas outras exposições fotográficas. “Paisagem, Memória e Tradição”, foi exposta no Solar da Baronesa, durante o 29° Inverno Cultural da UFSJ, festival no qual teve também uma de suas fotografias estampada na capa do livro do 17º Concurso de Poesias da instituição. Durante o I° Simpósio de Artes, Urbanidades e Sustentabilidade (SIAUS), promovido pelo Programa Interdepartamental de Pós-graduação Interdisciplinar em Artes, Urbanidades e Sustentabilidade (PIPAUS), a estudante teve selecionado para integrar uma mostra coletiva, o trabalho “Espelho do Cotidiano”, cuja narrativa também foi trabalhada a partir dos reflexos. O ensaio sobre os reflexo foi também publicado na 1ª edição da Revista Rasante- A cidade Submersa. A revista Rasante, publicada no Estado de São Paulo, propõe uma discussão entre as representações artísticas e a cidade, buscando suas intersecções e poéticas compartilhadas.

O Museu
O espaço que está aberto à visitação pública desde 1963, está localizado na antiga residência do comendador João Antônio da Silva Mourão (1806-1866), importante comerciante da cidade no período final da produção de ouro. Após a conclusão das obras, em 1859, o comendador instalou sua família na mansão, no segundo e terceiro pavimentos, e a loja de secos e molhados ficou no primeiro andar.
O Museu regional de São João del-Rei apresenta uma exposição de artigos do cotidiano e dos costumes dos séculos XVII e XX, retratados em móveis, utensílios, meios de transporte, imagens religiosas e pinturas. O Objetivo do acervo montado é contar um pouco da intimidade e do modo de vida do povo mineiro no período colonial.

Serviço
Inauguração da Exposição: 22 de fevereiro, às 19:30 hrs.
Período de visitação: 23 de fevereiro-01 de abril

Horário de Visitação:
Segunda à sexta-feira, das 9h às 17h30.
Sábados, domingos e feriados, das 9h às 16h.

Museu Regional de São João del-Rei
Rua Marechal Deodoro, 12- Centro
São João del-Rei – MG / Telefone: (32) 3371-7663