Homem é preso por fabricação e comércio ilegal de herbicida

Uma guarnição da polícia militar do meio ambiente do 2º Pelotão de Meio Ambiente, foi acionada pelos fiscais do IMA, Instituto Mineiro de Agropecuária, a comparecer em uma  fazenda na zona rural de Antônio Carlos onde supostamente funcionaria uma indústria de vinagre, no ato da fiscalização foi observado a presença de produtos contendo glifosato, sem registro no órgão ambiental. A empresa é registrada para a produção de vinagre e não para produção de agrotóxicos, e esta produzindo o produto GLINAF, considerado clandestino pela ausência de registro. Este produto, segundo os fiscais do IMA, está sendo irregularmente comercializado no município de Barbacena e região. Desta forma, todos os produtos foram interditados pela fiscalização, ficando proibida sua remoção, utilização, produção, transporte ou violação sem a expressa autorização do IMA, conforme auto de interdição do referido órgão.

Exibindo IMG-20170706-WA0083.jpg

Em contato com o autor de 66 anos, relatou que a formulação do produto é feita a partir de fermentação de frutas como caqui, maçã e limão, sendo aplicado células e percentagens de glifosatos de diversas marcas, já aprovadas pelo ministério da agricultura. E que o seu produto ainda está em processo de testes e formulações para posteriores embalagens.

Desse modo, foram confeccionados 02 autos de infrações totalizando R$22.430,75,  referente a operação sem a licença ambiental e pela fabricação do produto (denominado GLINAF, herbicida não seletivo a base de Round Up) em desacordo com as normas e padrões ambientais vigentes que impliquem dano a saúde humana, meio ambiente ou recurso hídrico. Diante do exposto, foi dada voz de prisão em flagrante e conduzido até a Depol. A perícia compareceu no local realizando os trabalhos de praxes, sendo recolhido amostra do produto para posterior análise. Foi realizado contato com a empresa fabricante do Round up o qual tomou ciência dos fatos e que demais providências por parte da empresa serão tomadas posteriormente.