São João Del Rei tem dois vencedores do Festival Estadual SESI Música

Wesley Mumú, da empresa LSM Brasil, sagrou-se no segundo lugar da categoria “Música Inédita” e faturou R$ 4.000. Já Deiverson Silveira, carteiro dos Correios, ficou em terceiro lugar na categoria “Interpretação” e ganhou R$ 3.000.
Deiverson Silveira. Foto: Sebastião Jacinto Júnior
Os dois finalistas de São João Del Rei na final da oitava edição do Festival Estadual SESI Música, realizada no último sábado, 26 de novembro, no Teatro Sesiminas, em Belo Horizonte, garantiram as primeiras colocações do evento. Apresentando o samba “Dona do Meu Coração”, o industriário da empresa LSM Brasil Wesley Mumú ficou em segundo lugar na categoria “Música Inédita” e recebeu a premiação em dinheiro no valor de R$ 4.000. Deiverson Silveira, carteiro motorizado dos Correios de São João Del Rei, foi premiado na terceira colocação do Festival na categoria “Interpretação” ao apresentar o rock “Acredite em Você”, da banda Scarcéus. O industriário ganhou R$ 3.000.
Wesley Mumú. Foto: Sebastião Jacinto Júnior
Wesley e Deiverson concorreram às primeiras colocações com outros 20 finalistas, que apresentaram 18 canções. Em uma disputa acirrada, Wesley caiu no gosto dos jurados ao apresentar ao público uma música recheada de malemolência. O industriário, que já participou de outras edições do Festival, credita ao evento seu reconhecimento como músico. “Depois que participei do concurso, muitas pessoas deram mais atenção às minhas composições e passei  a ter mais credibilidade, confiança e respeito dos outros no que faço”, afirma Wesley. 
Já Deiverson, que animou o público com o rock da Scarcéus, afirma que a tranquilidade e a confiança foram o que fizeram com que ele chegasse ao terceiro lugar. “Quando estou no palco é como se eu estivesse cantando em casa: fico bem à vontade e dou o melhor de mim”, afirma ele, que ficou em segundo lugar na sétima edição do Festival, realizada em 2015. “Estou muito feliz por ter participado, e agora me sinto muito leve! Ainda não sei ao certo o que vou fazer com o prêmio, mas devo guardá-lo para dar segurança ao meu segundo filho, que vai nascer no ano que vem”, declara.
Além de São João Del Rei, as cidades de Betim, Sarzedo e Montes Claros também tiveram vencedores. Na categoria inédita, Carol Campolina, da empresa Sinalmig, de Sarzedo, ficou em primeiro lugar com a canção “Chorando Estrelas”; e Nara Jorge, industriária de Montes Claros da Vallé S.A., ganhou a terceira colocação ao apresentar a composição “Lamento de Culpa”. Na categoria “Interpretação”, Mariana Portilho ficou em primeiro lugar, representando a empresa Net Serviços Claro, de Betim, com a canção “As Rosas Não Falam”, de Cartola. E a industriária de Montes Claros da Vallé S.A. Cynthia Melo, que subiu ao palco com a canção “Ressuscita-me”, do compositor Anderson Freire, sagrou-se no segundo lugar. Os ganhadores de cada categoria faturaram prêmios em dinheiro no valor de R$ 6.000, R$ 4.000 e R$ 3.000, respectivamente. Os demais participantes ganharão um DVD com a filmagem do Festival.
Com o Teatro Sesiminas lotado de torcidas vindas de diversas cidades do interior de Minas, da região metropolitana e da capital, a final da oitava edição do Festival Estadual SESI Música foi comandado pelo produtor musical e radialista Tutti Maravilha e teve como artista homenageado o compositor e músico mineiro Vander Lee. Ao todo, 22 finalistas passaram pelo Teatro se apresentando com 20 canções, dez em cada categoria. O júri avaliador foi composto por grandes nomes da música mineira, como o cantor Affonsinho, a atriz e compositora Brisa Marques, o cantor e compositor Eduardo Filizzola, o compositor e arranjador Sérgio Moreira e o pianista e tecladista Felipe Moreira.
O Festival contou ainda com a apresentação da banda Zé do Black, comandada por Elmir Santos, um dos primeiros participantes do Festival SESI Música e que também já passou pela banca de jurados.  Na apresentação, a Zé do Black animou o público com clássicos de Tim Maia, como “Primavera”, “Azul da Cor do Mar” e “Chocolate”.
SESI Música
Realizado anualmente desde 2009 pelo Serviço Social da Indústria – SESI, o Festival SESI Música é um concurso que busca a promoção da cultura entre trabalhadores das indústrias, valorizando e fomentando a produção musical do país. Centenas de industriários ou familiares já participaram do Festival, demonstrando que, para o Sistema FIEMG, cultura é investimento.
O Festival busca promover a cultura entre trabalhadores das indústrias, valorizando e fomentando a produção musical de Minas Gerais e do Brasil. São convidados a se inscrever industriários, empresários da indústria e dependentes diretos destes (filhos e cônjuges). Todas as informações sobre o Festival estão disponíveis no site: www.fiemg.com.br/sesi.
Serviço Social da Indústria – SESI
Criado em 1946, o SESI é parceiro da indústria na inclusão social de seus funcionários e oferece programas e serviços para elevar a qualidade de vida de trabalhadores e de seus familiares. A entidade é um agente transformador, referência em responsabilidade social e uma ferramenta indispensável para a difusão da cidadania, criando e promovendo programas que investem no aumento da qualidade de vida dos trabalhadores da indústria e de seus familiares. As ações realizadas pelas áreas de Cultura, Educação, Esporte, Saúde e Responsabilidade Social Empresarial garantem uma estrutura que oferece suporte para o crescimento orgânico da produção industrial com responsabilidade, segurança e competitividade.

Comente e compartilhe esta notícia no Facebook do Jornal Primeira Página!

————————————————————————————————— 
Curta a página da Academia Saúde & Movimento no Facebook
 —————————————————————————————–


Leave a Reply