Sindicado de Barroso divulga mensagem aos servidores públicos



28 DE OUTUBRO:
DIA DO SERVIDOR PÚBLICO

O que vamos comemorar?


VAMOS COMEMORAR A NOSSA SOBREVIVÊNCIA!
Vamos comemorar a nossa sobrevivência diante dos agentes políticos que só pensam em se manter no poder em beneficio próprio.
Vamos comemorar a nossa sobrevivência, diante de um estado que ainda hoje não regulamentou para algumas classes de servidores públicos, tais como:
– Direito de greve;
– Negociação coletiva, onde, além do reajuste salarial, se negocia:
• a obrigação de implantação da CIPA, para prevenção de doenças e acidentes de trabalho;
• plano de saúde;
• plano odontológico;
• direito a folgas nos feriados para aqueles que trabalham na escala de 12X48;
• cesta básica, como nas demais empresas.
Vamos comemorar a nossa sobrevivência sobre os agentes políticos que desvalorizam os bons profissionais, que desviam funcionários para outras funções sem dar o devido valor.
Vamos comemorar a nossa sobrevivência diante dos tratamentos e salários desiguais entre servidores da mesma função.
Vamos comemorar a nossa sobrevivência diante das perseguições, tentativas de intervenções no sindicato e das injustiças praticadas por agentes políticos. 
NA VERDADE, NÃO TEMOS NADA PARA COMEMORAR.
Os agentes políticos são eleitos para administrar em prol de toda a comunidade. E nós, servidores públicos, estamos incluídos nesta comunidade.
É obrigação dos agentes políticos valorizar e dar melhores condições de trabalhos para os servidores públicos. Não podemos nos esquecer de que ingressar no serviço público é um direito de qualquer cidadão. Portanto, a nossa luta também é em prol de toda a comunidade.
Pagamento em dia não significa nenhuma valorização. Estão equilibrando as contas da Prefeitura à custa dos servidores. E em cumprimento à Lei de Responsabilidade Fiscal 101/2001.
Existe uma introdução da Bíblia que diz: “As leis são feitas para servir ao homem e não para servir de instrumento contra o homem”. “Assim como o sábado é feito para o homem e não o homem para o sábado”, diz Jesus em Marcos 2:27.
A LRF 101/2001 foi umas das melhores reformas que aconteceram nas últimas duas décadas, sabendo que em 1989 foi a obrigação dos concursos públicos. Portanto, não existe nenhum agente politico fazendo milagres por aí, como muitos se intitulam… Que tiraram as prefeituras da falência, acertaram pagamentos, investiram na saúde e educação. Isso tudo é uma obrigação imposta pela LRF 101/2001. Sabemos que, mesmo com esta lei, alguns agentes políticos ainda insistem em descumprir algumas imposições estabelecidas por esta lei.
Mas, saibam, que esta lei é uma grande ferramenta nas mãos do Ministério Público, para punir os maus gestores do dinheiro público. Assim, não é nenhum mérito para aqueles que cumprem algumas partes da lei. É obrigação, sob pena de intervenção da Justiça. Se não fosse a LRF 101/2001, tudo estaria como antes e ninguém mudaria nada por conta própria.
Parabéns a todos os guerreiros e guerreiras que convivem com todas as dificuldades citadas nesta nota e que, ainda assim, se levantam todos os dias em busca de um futuro melhor. 
Com respeito e consideração:
Diretoria do SISERMUBAR – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Barroso.

Comente e compartilhe esta notícia no Facebook do Jornal Primeira Página!

————————————————————————————————— 
Curta a página da Academia Saúde & Movimento no Facebook
 —————————————————————————————–
Image and video hosting by TinyPic
Acesse: www.newperception.com.br
——————————————————————–


Leave a Reply