Asfaltamento de Carandaí a Lagoa Dourada está na reta final

Investimento estadual para a obra é de R$ 52,6 milhões – Foto: Roberto Blanck/DER-MG
As obras de asfaltamento dos 28,8 quilômetros que ligam Carandaí a Lagoa Dourada, na MG-275, no Campo das Vertentes, estão em estágio avançado. De acordo com a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), já foram concluídos cerca de 65% dos serviços de pavimentação e 80% de terraplenagem. Para a execução desta obra, o Governo de Minas Gerais, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG), está investindo R$ 52,6 milhões. 
A ponte sobre o rio Carandaí, localizada no km 15 da rodovia MG 275, com 48 metros de cumprimento e 10,6 de largura, também já está concluída. Em relação à estrutura anterior, que era de pista única e sofria constantes interrupções de tráfego devido à baixa altura em relação ao rio, as dimensões foram praticamente duplicadas.
Investimento estadual para a obra é de R$ 52,6 milhões
No momento, 110 operários trabalham na obra. Luiz Paulo de Oliveira, funcionário da construtora e morador de Carandaí, começou a trabalhar como servente, logo nos primeiros dias em que o canteiro foi montado e pouco tempo depois passou para o almoxarifado. Ele afirmou que toda a equipe está trabalhando muito motivada em função dos benefícios que o asfalto trará. “Esta é, sem dúvida, uma das melhores obras já feitas na região”, comentou. 
A obra beneficiará diretamente não só os moradores da sede dos dois municípios, mas também os dos povoados de Arame e Bandeirinhas, pertencentes a Lagoa Dourada, e os de, aproximadamente, outras 80 cidades da região. A expectativa é de que, após a conclusão dos serviços, o tempo médio de deslocamento entre Carandaí e Lagoa Dourada seja reduzido em 30 minutos, já que junto com a pavimentação houve melhoria na diretriz da rodovia e redução, em cerca de 2 quilômetros, do traçado original.
Como a região é um polo de produção de hortifrutigranjeiros, as obras alavancarão não só as vendas dos produtos como, ainda, o escoamento da produção. “Antes desta obra, escoar nossos produtos sempre foi uma dificuldade, principalmente nos períodos chuvosos. Como muitas mercadorias são perecíveis, inúmeras vezes já perdemos nossos carregamentos. Agora a alegria se torna cada vez mais presente para nós que somos produtores rurais”, comemorou Carlos Geraldo Ignacchiti, de Lagoa Dourada. 
Diversas empresas do ramo da indústria mineral, siderúrgica e cimenteira instaladas próximas à rodovia serão beneficiadas, além do incremento ao turismo religioso, entre as cidades de Ouro Preto, Mariana, Congonhas, Tiradentes e São João Del Rei, que também fazem parte da Estrada Real.
A pavimentação da MG-275 melhorará, também, o acesso ao sul de Minas e agilizará os deslocamentos com destino ao Circuito das Águas, como por exemplo às cidades de Caxambu e São Lourenço, por meio das ligações com a MGC-383 e BRs-040 e 381.

Comente e compartilhe esta notícia no Facebook do Jornal Primeira Página!

————————————————————————————————— 
Curta a página da Academia Saúde & Movimento no Facebook
 —————————————————————————————–
Image and video hosting by TinyPic
Acesse: www.newperception.com.br
——————————————————————–


Leave a Reply