9º FECIC faz homenagem aos 300 anos de São João del-Rei

A
FECIC – Feira de Comércio, Indústria e Mostra Cultural de São João del-Rei –  completa sua 9º edição em uma data especial
para São João del-Rei, ou seja, nos 300 anos da cidade. Em 8 de dezembro de
1713, o arraial alcançou foros de vila com o nome de São João del-Rei, portanto
vamos encerrar as comemorações dos 300 anos mostrando a força do comércio, da
indústria  e da cultura na cidade.
A ACI del-Rei e a CDL São João del-Rei  vão fazer uma homenagem à cidade lançando uma
FECIC Edição Histórica: 300 anos de Cidade e Comércio. Entre os dias 9 e 12
outubro, visitantes e turistas poderão conferir o que o comércio, indústria e
gastronomia têm de novidades, e aproveitar as apresentações culturais que
prestigiam todas as idades.

Programação
Foto: Divulgação
Desde a 1º edição, a Feira busca valorizar os
negócios comerciais e empresariais, culturais e artísticos, além de promover o
convívio familiar. Para os adultos e jovens, 23 apresentações musicais e
culturais.  Em parceria com a FIEMG, uma
das atrações será o show do cantor Wesley Mumu, que venceu o Festival Estadual
de Música. Para as crianças, além da Fazendinha Meninada e dos brinquedos, os
bonecos gigantes irão contagiar a tarde com o”Brincando com
Gigantes”.  
Outra atração é o Espaço Gastronomia, que promete
movimentar as noites com pratos de qualidade e shows musicais ao vivo. E para
os que querem tirar dúvidas sobre saúde e alimentação, as carretas de
atendimento do SESC/ SENAC estarão ao lado da Feira.

Exposição de Orquídeas
Junto com a FECIC acontece também a 6ª Exposição de
Orquídeas do Núcleo Orquidófilo Serra de São José, que todos os anos expõem
mais de 500 variedades de flores, além de oferecer oficinas para adultos e
crianças, brindes e um final de semana em um Hotel Fazenda.
300 anos de Cidade e Comércio
Nesses
300 anos de história, o comércio são-joanense sempre foi destaque. No início, o
arraial tinha como objetivo ser um entreposto entre Paraty, no Rio de Janeiro,
e as cidades da região central de Minas Gerais, Ouro Preto, Mariana, Ouro
Branco e Conselheiro Lafaiete. Era uma via, onde se escoava a produção mineral
dessas localidades para o litoral e, posteriormente, para Portugal. Como
recebia inúmeros visitantes a procura de negócios, rapidamente pontos
comerciais se estabeleceram em torno da vila, que logo se tornou referência.
As
casas e os casarões antigos mostram a riqueza que São João del-Rei viveu em seu
início, e hoje, essa beleza arquitetônica gera outra riqueza: o turismo, que
continua fomentando o comércio e a tornando umas das principais cidades
históricas do País.
E
com esse intuito, de trazer movimentação econômica e cultural para a cidade,
que a ACI del-Rei/CDL ressaltam o novo, mas trazendo a valorização da história
são-joanense e mostrando que o melhor do comércio, indústria, gastronomia e
cultura se encontra em um único lugar: na FECIC.
A programação completa está no site oficial. >CLIQUE AQUI< para acessar.

Leave a Reply