Outubro Rosa

Fotos: Geraldo Napoleão Neto

   Participando no sábado, dia 26 de outubro de 2013, da caminhada de conscientização das mulheres sobre a importância da prevenção contra o câncer de mama, juntamente com a minha esposa, Maria das Graças e meus filhos, Geraldo Napoleão de Souza Neto e Antônio Maria Claret de Souza Filho, inspirado pelo evento, vários pensamentos povoaram a minha mente.

Nesta matéria, não tenho necessidade de discorrer sobre a importância da prevenção que deva ser realizada pelas mulheres, a partir dos quarenta anos, pois esta patologia maligna já vitimou pessoas muito próximas, como minha própria mãe, Dona Quininha, minha tia Margarida, minha prima Trindade e tantas outras mulheres esposas de vários amigos meus.
Um fato que quero registrar foi a aquisição do MAMÓGRAFO pelo Hospital no ano de 2000, aparelho indispensável para se diagnosticar o câncer de mama.
Era uma 2ª feira, quando recebi uma ligação do Baldonedo informando-me que o então Deputado Federal Aécio Neves estava disponibilizando uma verba de R$80 mil (oitenta mil reais) para investimento no Hospital de Barroso, salientando que o projeto
teria que chegar no gabinete de Aécio Neves, em Brasília, até a sexta-feira da mesma semana.
À noite, naquela quinta-feira, assistindo ao Jornal Nacional, qual foi a maior manchete: uma matéria sobre o câncer de mama, destacando ser a patologia a segunda causa mortis de mulheres no Brasil e chamava a atenção de que existia no país apenas dois mil mamógrafos.
Afinado aos objetivos do Ministério da Saúde, o projeto foi aprovado e pudemos adquirir o mamógrafo para o Hospital de Barroso, tornando acessível às mulheres a realização do exame no município.
Para se dar maior realce ao fato, além da própria aquisição do mamógrafo, trazendo os R$80.000,00 do ano de 2000 a valor presente em 2013, chega-se à importância de R$320.000,00.

Portanto, nesse OUTUBRO ROSA, resgatando a história, cabe a renovação de nossa gratidão ao Baldonedo e ao Senador Aécio Neves que, não se esquecendo do apoio ao Hospital de Barroso, garantiu também, no final do ano passado, a importância de R$200 mil, que permitiu a aquisição de medicamentos e materiais, o que foi de fundamental importância para a manutenção do Hospital.


Antônio Maria Claret de Souza
Vereador

Acesse a edição de novembro completa clicando aqui.

Leave a Reply